ligacearense.com.br

Liga Cearense de Futebol Society | Liga Futsal de Fortaleza




Notícias

14/08/2018 - 08:30:00

Vasco briga e consegue vencer LDU, mas deixa Sul-Americana

.


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/federacc/public_html/modulos/noticias/vernoticia.php on line 35
 Foi um jogo em que o Inter fez mesmo seus mais otimistas torcedores errarem o placar. Com uma atuação fatal no ataque e sólida na defesa, os colorados patrolaram o Fluminense e golearam o adversário por 3 a 0, na noite desta segunda-feira, no Maracanã, pela 18ª rodada do Brasileirão.

A vitória faz a equipe de Odair Hellmann retomar o terceiro lugar da tabela, agora com 35 pontos. O Inter volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Paraná, no Beira-Rio. O Fluminense, com 22 pontos, fica na nona colocação.

Meio tempo até a goleada

O duelo no Maracanã começou até que meio monótono, dando pouca pista do que viria acontecer logo mais. Ao longo dos dez primeiros minutos foi mais troca de passes até o campo adversário, sem chances. Aos 13, o Fluminense resolver apertar, mas a bola teimava em não passar pela marcação colorada. Aos 17, passou. Mas não por Marcelo Lomba. O goleiro fez uma defesa plástica ao espalmar a cabeçada de Júnior Marcos Júnior depois de boa jogada pela esquerda.

O Inter, então, reagiu. E ao adiantar sua marcação, fez a defesa carioca desmoronar. Aos 22, Edenilson pressionou Jadson, que errou o passe e Rodrigo Dourado recuperou, na intermediária. O volante avançou até quase a área e rolou para Nico López, que entrava correndo pela esquerda. O uruguaio chutou firme e correu para o abraço.

O Tricolor tentou reagir, porém seguiu esbarrando na zaga gaúcha. Aos 31, conseguiu encaixar um ataque e Pedro conseguiu uma puxeta dentro da área. A bola passou perto. A resposta foi imediata e no ataque seguinte William Pottker bateu cruzado do bico da grande área e Júlio César espalmou.

Logo depois, contudo, o goleiro não teve chance. Iago recebeu lançamento na ponta esquerda, passou por Gilberto, cruzou rasteiro para Jonatan Alvez como quem diz: “Faz”. O centroavante não decepcionou e anotou. Ainda deu tempo de mais um gol. Aos 45, no lance seguinte ao de Nico evitar a saída. Alvez tentou cruzar, a bola desviou em Digão e sobrou logo para Nico López. Depois de um chute forte, rasteiro e no canto o placar informava um surpreendente 3 a 0 para o Inter no primeiro tempo.

Lomba brilha e garante goleada

Autor de dois gols no jogo, Nico sequer voltou do intervalo. Passou mal e deu lugar a DAlessandro. O Fluminense também mudou, mandando Matheus Alessandro a campo – e logo em seguida Luciano, pois Airton sentiu lesão. Proposta do time do Rio foi se jogar à frente.

De novo teve problemas na frente e abrindo espaço para contragolpes. Aos 3, Iago recebeu de Alvez na entrada da área e, quando se preparava para a conclusão, foi desarmado. Pottker também oportunidade até mais clara, aos 17. Ele passou pela marcação e só não marcou porque o goleiro Júlio César saiu bem da meta e conseguiu a defesa.

Vaiado pela própria torcida e pressionado pelo resultado, o Fluminense viu a fase complicada aos 19. Cuesta afastou o cruzamento e a bola foi à feição para Sornoza, na meia-lua. Seria um golaço se não explodisse na trave. Cinco minutos depois, Pedro conseguiu dominar na área, fintou Cuesta e bateu cruzado. Lomba fez nova defesa espetacular.

Com o jogo na base da pressão do Fluminense, o Inter se mostrava perigoso no contragolpe, ainda mais com a entrada de Rossi na vaga de Alvez. Pottker, aos 25, ganhou de Gum na corrida e só não entrou livre na área outra vez porque Júlio César a abandonar o gol e deu uma de zagueiro para afastar o perigo.

A partida seguiu nesta batida até o fim. Com retoques de crueldade ao Fluminense, que, enquanto via o Inter trocar passes aos 42, ouviu ecoar “olé” no Maracanã. No último minuto, Sornoza teve a derradeira chance e, outra vez, parou em Lomba, que fez nova grande defesa, para a bola desviar e bater na trave. No Rio, a noite era vermelha e branca.

Brasileirão - 18ª rodada

Fluminense 0

Júlio César; Gilberto, Digão, Gum, Ayrton Lucas; Airton (Luciano), Jadson e Sornoza; Júnior Dutra (Everaldo), Marcos Júnior (Matheus Alessandro) e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira

Inter 3

Marcelo Lomba; Fabiano (Dudu), Rodrigo Dourado, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick, Edenilson, Nico López (DAlessandro) e William Pottker; Jonatan Alvez (Rossi). Técnico: Odair Hellmann

Gols: Nico López (22/1), Jonatan Alvez (38/1), Nico López (45/2)

Cartões amarelos: Júnior Dutra, Sornoza; Victor Cuesta, Jonatan Alvez, Edenilson

Local: Maracanã, no Rio

Arbitragem: Savio Pereira Sampaio (DF), auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira (Ambos do DF)

Federação Cearense - © Copyright 2018. Todos os direitos reservados. Melhor Visualização na resolução 1024 x 768.