ligacearense.com.br

Liga Cearense de Futebol Society | Liga Futsal de Fortaleza




Destaques

12/09/2018 - 09:08:00

Em era Adilson Batista

.

O América-MG tem apresentado, sob o comando de Adilson Batista, um crescimento no Campeonato Brasileiro. Quando o técnico chegou ao Lanna Drumond, no dia 24 de julho, o time estava no Z-4, com 14 pontos. Agora, 10 rodadas depois, está em 11º, com 30 pontos, a seis da zona de rebaixamento. O aumento na produção do Coelho no Brasileirão está diretamente ligado à melhora dos números defensivos.

Matheus Ferraz, ao lado de Messias e João Ricardo, foi o jogador de defesa que mais jogou com Adilson: nove atuações — Foto: Mourão Panda / América-MG

Desde a 15ª rodada, quando Adilson assumiu, foram seis gols sofridos em 10 jogos, com média de 0,6 gol por partida. Apenas Palmeiras e Internacional acumulam números melhores nesse período. O Coelho está empatado no terceiro posto ao lado de Atlético-PR, Santos e São Paulo.

Um termômetro que mede a mudança defensiva do time é que a média de gols sofridos antes da chegada de Adilson era de 1,57 por jogo, com 22 bolas na rede nas 14 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Sob o comando do paranaense, o América-MG passou a metade dos jogos sem ter a meta vazada e, apenas no empate por 2 a 2 contra o Flamengo, levou mais de um gol.

Nessas 10 partidas, Matheus Ferraz, Messias e Paulão foram utilizados pelo treinador no miolo de zaga. A dupla mais escalada foi Matheus Ferraz e Messias. Diante do Bahia, os três foram utilizados juntos.


Federação Cearense - © Copyright 2020. Todos os direitos reservados. Melhor Visualização na resolução 1024 x 768.